Notícias

Taxa de juros de operações de crédito cai em março pela 4º mês seguido, diz Anefac

edf40wrjww2PAINEL_NOTICIAS:CONTEUDO_NOTICIA
dding: 0px; text-align: justify;">

Todas as linhas pesquisadas pela Anefac tiveram redução de juros em março, na comparação com fevereiro. Para o diretor executivo de estudos e pesquisas da Anefac, Miguel de Oliveira, a queda é consequência da redução da taxa básica de juros, a Selic, promovida pelo Banco Central.

No fim do ano passado, o Banco Central iniciou um ciclo de redução da taxa básica de juros. Na reunião desta quarta-feira (12), o Banco Central fez seu quinto corte consecutivo e a Selic atingiu 11,25% ao ano, o menor valor em desde 2014.

Para ele, a continuidade da redução da taxa Selic abre espaço para novas redução no juro do crédito ao consumidor final. Ele ressalta, no entanto, que isso pode não se confirmar se os índices de inadimplência continuarem elevados, o que encarece o crédito.

Para pessoas físicas

Das seis linhas pesquisas, todas tiveram redução nas taxas de juros em março. Na média, o juro do crédito para pessoa física passou de 154,63% ao ano, em fevereiro, para 153,78% ao ano em março. Trata-se da menor taxa de juros desde junho de 2016.

Veja a variação de taxas por linha de crédito:

  • Cartão de crédito: de 444,03% (fevereiro) para 442,33% ao ano (março)
  • Cheque especial: de 306,63% (fevereiro) para 305,76% a.a. (março)
  • Juros do comércio: de 98,50% (fevereiro) para 98,05% a.a. (março)
  • Financiamento de automóveis (bancos): de 31,37% (fevereiro) para 30,60% a.a. (março)
  • Empréstimo pessoal (bancos): de 71,15% (fevereiro) para 70,17% a.a. (março)
  • Empréstimo pessoal (financeiras): de 160,34% (fevereiro) para 158,90% a.a. (março)

 

Para empresas

Das três linhas de crédito para pessoas jurídicas pesquisadas pela Anefec, todas tiveram redução nas taxas de juros em março. Em média, o juro para empresas caiu de 73,13% ao ano, em fevereiro, para 72,33% ao ano, em março de 2017, a menor taxa de juros registrada desde junho de 2016.

Veja a variação de taxas por linha de crédito:

  • Capital de giro: de 35,44% (fevereiro) para 34,80% ao ano (março)
  • Desconto de duplicatas: de 44,08% (fevereiro) para 42,91% ao ano (março)
  • Conta garantida: de 162,95% (fevereiro) para 162,37% ao ano (março)

Fonte: G1